BANNER

.: Twitter do Blog :.

Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Liesa toma medida no regulamento do Carnaval 2013.

No terceiro parágrafo do regulamento da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) para o Carnaval 2013 do Grupo Especial, as escolas que receberem verba de contratos e/ou convênios da Liesa com órgãos e/ou empresas públicas federais, estaduais e municipais não entregarem suas prestações de contas com a devida aprovação, até junho de 2013, vão estar desclassificadas e automaticamente rebaixadas para Série, antigo Grupo de Acesso.

"A escolas permanecerá na Séria A até que conquiste o título de campeã e demonstre já ter concluído o processo de regularização de todas as pendências junto à Liesa e aos órgãos públicos", informa o regulamento.

No documento, a Liesa ainda explicação obrigações de cada agremiação:
- Desfilar com, no mínimo, 200 ritmistas agrupados na bateria
- Desfilar com, no mínimo, 70 baianas agrupadas
- Impedir a presença de pessoas do sexo masculino na ala de Baianas, exceto Diretores, desde que estes não estejam com a mesma fantasia da ala em questão
- Não apresentar animais vivos, de quaisquer espécies, inclusive para tração de alegorias
- Impedir a apresentação de pessoas que estejam com a genitália à mostra, decorada e/ou pintada
- Impedir a utilização de instrumentos musiciais de sopro ou de qualquer outro artifício que emita sons similares, em sua bateria, exceto os apitos dos diretores
- Desfilar com o limite mínimo de 5 e até o máximo de 8 alegorias, entendendo-se, como tal, qualquer estrutura que contenha rodas em contato direto com o solo da Pista de Desfiles, com exceção dos elementos cenográficos que vierem na Comissão de Frente
- Não utilizar, distribuir ou apresentar-se com qualquer tipo de "merchandising" em enredo, alegorias, adereços, alas, destaques, samba, exceto: nas vestimentas dos empurradores de alegorias, nos prospectos com letra do samba, nos instrumentos da bateria, desde que sejam com as marcas de seus respectivos fabricantes
- Desfilar com o limite mínimo de 10 e até o máximo de 15 componentes na comissão de frente
- Apresentar, obrigatoriamente, a comissão de frente diante do Setor 3 da Passarela do Samba
- Impedir, rigorosamente, a utilização de microfones conectados em qualquer sistema de som, próprio da agremiação ou do Sambódromo, para citações sonoras, com conotações promocionais, implícitas ou explícitas de eventuais patrocinadores, como também citações depreciativas e inverídicas, com evidente propósito de desabonar a seriedade do espetácilo, durante todo o tempo em que a escola estiver se apresentando no Sambodromo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Coloque seu Email aqui:

Delivered by FeedBurner

Blogroll

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish