BANNER

.: Twitter do Blog :.

Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Barroca Zona Sul: confira a sinopse do enredo para 2013.


Confira a sinopse na íntegra:
Introdução
A denominação Jabaquara vem do tupi-guarani YAB-A-QUAR-A, que significa rocha e buraco e também Mata dos Negros Fujões. No tempo da escravidão era uma mata deserta que servia de abrigo aos escravos fugidos e que pertencia a uma das inúmeras sesmarias do Padre José de Anchieta, da Companhia de Jesus.
Desenvolvimento
O Jabaquara é um distrito da cidade de São Paulo, no Brasil. Foi criado em 1964. Localiza-se na zona centro-sul do município de São Paulo. Conta com duas estações de metrô e uma rodoviária. Conta atualmente com mais de 220.000 habitantes.
Até o início do século XVII, a região era ocupada apenas pelos viajantes que se dirigiam a Santo Amaro e a Borda do Campo. A partir dessa época, a região começou a ser procurado por fazendeiros e sitiantes que passaram a abrir estabelecimentos agrícolas e comerciais. Contudo, começou a popularizar-se apenas a partir do final do século XIX, quando a prefeitura decidiu instalar o Parque do Jabaquara, utilizado para passeios e piqueniques.
Entre os anos de 1886 e 1913 circularam pela região os trens a vapor de uma pequena ferrovia que ligava a Vila Mariana a Santo Amaro e cujos trilhos foram implantados sobre uma via do antigo Caminho do Carro (via de ligação entre São Paulo e Santo Amaro após atravessar os atuais distritos do Campo Belo e do Brooklin).
 Em 1906, a Light and Power Co., implantou uma linha de bondes que passava ao largo da região, pois seguia em um trajeto que ia desde a Rua Tutóia, na Vila Mariana, até o centro de Santo Amaro.
O primeiro loteamento do Jabaquara aconteceu na Vila Santa Catarina entre 1920 e 1921. Até o final da década de 1920 boa parte da região era escassamente povoada, com chácaras esparsas em meio a extensas superfícies não ocupadas. Uma região sem grande urbanização e com grandes características rurais até então.
O desenvolvimento e a urbanização vieram apenas no final da década de 20, com a criação da autoestrada Washington Luís, ligando a mais desenvolvida Vila Mariana aos loteamentos suburbanos às margens das represas, e, principalmente, com a inauguração do Aeroporto de Congonhas em 1936.
A construção da Paróquia São Judas Tadeu em 1940, a pedido do arcebispo metropolitano Dom José Gaspar Afonso e Silva, auxiliaram na valorização das terras da região, que se beneficiou com o desenvolvimento, e isso incentivou a abertura de loteamentos (Jardim Aeroporto, Vila Mascote, Vila Santa Catarina, Vila Parque Jabaquara), que, no entanto, permaneceram praticamente desocupados ou com apenas alguns núcleos isolados até os anos 50.
Nesse grandioso bairro encontram-se diversos parques e jardins como, por exemplo, o Jardim Botânico de São Paulo, o Zoológico de São Paulo, o Simba Safári, o Instituto Astronômico e Geofísico da Universidade de São Paulo, a Secretaria de Agricultura e o Centro de Exposições Imigrantes entre outros, que juntos formam um dos maiores complexos de divertimento e lazer da cidade.
Outra grande valorização do bairro veio em 1968, quando começaram as obras do metrô de São Paulo. Ficou determinado que a primeira estação da linha fosse a estação Jabaquara, inaugurada junto a outras seis estações em 14 de setembro de 1974. O distrito ainda abriga outra estação metroviária (Estação Conceição), posterior a Jabaquara.
Três anos depois, em dois de Maio de 1977 foi inaugurado o Terminal Rodoviário Intermunicipal Jabaquara, que por sua localização ao sul da cidade mantém muitas viagens com destino ao litoral sul paulista. A parte comercial também foi desenvolvida e atualmente a região conta com, no mínimo, dois polos comerciais importantes: O Centro Empresarial do Aço e a sede do Banco Itaú.
A Verde e Rosa propõe não só uma grande homenagem, mas sim um resgate dessa região onde brotou há 38 anos o samba da Zona Sul. Através do Centenário de Pé Rachado, Barroca trará em forma de verso e prosa o canto do amor a cada um que faz parte dessa história. Os tambores anunciarão com muito samba no pé, os caminhos desse Povo guerreiro.
Avante Barroca Zona Sul...
Hernane Siqueira
Carnavalesco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Coloque seu Email aqui:

Delivered by FeedBurner

Blogroll

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish