BANNER

.: Twitter do Blog :.

Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Unidos de Padre Miguel lança sinopse do enredo para 2014.

Com uma grande festa na quadra, a Unidos de Padre Miguel lançou neste domingo o seu enredo para o Carnaval 2014 "Decifra-me ou te devoro: Enigmas - chaves da vida!", de autoria do carnavalesco Edson Pereira.

Na próxima quarta-feira (22), às 20h, Edson Pereira fará explanação da sinopse aos compositores, na quadra. A disputa de samba começa no dia 07 de julho. O prêmio para a parceria vencedora será de R$ 20 mil.


Confira a sinopse:

Enredo: Decifra-me ou te devoro: enigmas -chaves da vida!

A curiosidade é madrinha da evolução. Um enigma pode custar a vida. Pode também fazer ganhar a vida. Não se acomode. Investigue, inquiete-se, escave, suponha, pense. Os enigmas são intrigantes motivos que desafiam e fazem caminhar a humanidade.

Mistério maior é o homem. A cada solução nos encontramos um pouco mais. Aventure-se. Busque. Devora os enigmas para que decifrem que és. Cofre aberto, tesouro resgatado, tumba encontrada. Buscando respostas encontramos a humanidade.Enigmas são chaves. Quando desvendados, abrem portas para novas possibilidades. Quando encobertos, desafiam e nos fazem caminhar. 

Envolva-se. Uma solução traz recompensa. A redoma aberta faz o conhecimento triunfar. Devorar enigmas, dedicar-se a descobrir: triunfar por compreender...

Vista sua fantasia, lance seus palpites. Proponha e reproponha. A noite é do mistério do quebra-cabeças da humanidade. Encaixe uma peca, encontre outra. Divirta-se com questões que desafiam. Veja-as diante de seus olhos. Elas são motivo para a brincadeira da vida. Inverta o jogo. Descubra enquanto der, solucione o que puder e acabará por se decifrar. Compreendendo mistérios encontramos as chaves que nos permitem compreender a nós mesmos e a humanidade. 

Primeiro mistério ou mensagens cifradas de civilizações passadas.

Ouça o silencio eloquente de paredes e monumentos. Ele esclarece duvidas que nem sabemos quais. Que mensagens nos trazem? Com que advertências nos aconselham? Pirâmides, esfinges, Moais, Cabeças de Lá Venta, Stonehenge, Pedra do Ingá. Bilhetes cifrados dependurados na historia contando a saga de duzentos mil anos da humanidade. Hieróglifos indianos, o que dizem? A Alexandria submersa, o que guarda? As linhas de Nazca, o Calendário Maia, para onde apontam? Maravilhe-se com o Egito, guardião de incontáveis segredos. "Converse" com múmias, obtenha do tempo o que ele contar. A cada resposta de que o passado e o melhor revelador do futuro.

Segundo mistério ou ser ou não ser- a maquina da vida, os segredos da morte e as questões existenciais. Não há enigmas só lá fora. Aceite o desafio de sus voz interior. Na batida do surdo há um pulsar. De onde essa forca, o que ergue essas mãos? Que mágicos e intrincados enigmas engendram-se entre si para o milagre acontecer? O que há no micromundo bailado da vida? Com quais letra se escrevera DNA? Quantas charadas terá a vida? A maquina que te trouxe é a mesma que te levara...

Esta morre comigo... Alguém voltou para contar? Passado o portão, badalado o sino, como será por lá? Barulhos de toda sorte... Olha a batida na porta... Em mensagem de gente morta se pode confiar?

Da casa assombrada, o motivo? Quem estará a vagar: a mulher que morreu de saudade ou a bruxa secular?

Mas a morte é terreno guardado, difícil de pesquisar. Vamos pedindo licença, buscando entendimento... Vivendo com consciência que cada um tem o seu tempo...

Edson Pereira, Carnavalesco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Blogger news

Coloque seu Email aqui:

Delivered by FeedBurner

Blogroll

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish